fbpx

Cavalos nervosos nos três tambores – Aula 4

Por que existem cavalos nervosos nos três tambores?

 

Como transformar um cavalo nervoso e inseguro em um cavalo com poder?

 

O que gerou esse problema?

 

Quando você entra em pista para correr sente que está calmo e confiante ou nervoso e ansioso?

Se você que escolheu estar lá é tomado pelo nervosismo, o que dirá do seu cavalo?

Tomado pelo desejo de fazer um bom tempo, de baixar o tempo anterior, você aquece seu cavalo deixando ele mais “esperto”?

Você pode contribuir para que ele não perca a cabeça.

Um cavalo nervoso, assim como você, não tem foco, não está sintonizado em você; está somente tomado pela adrenalina e insegurança. E a  insegurança, para os cavalos, dispara no cérebro deles o alerta de perigo.

Para que seu cavalo esteja ligado em você, atento ao percurso e focado, ele precisa estar confiante.

A adrenalina será liberada de qualquer forma, ele sabe que irá correr, mas pode correr emocionalmente controlado.

Quando o percurso é sinônimo de stress, excesso de esforço, correções mal aplicadas, dor, medo da boca, os cavalo passam a se sentir inseguros dentro dele.

Esse medo somado ao stress natural da pressão, ao seu nervosismo e a adrenalina que dispara, só pode fazer com que o resultado seja o de não querer correr o tambor.

 

Alguns cavalos passam a se negar a entrar, outros a negar um dos tambores, outros disparam sem virar.

Esse problema não começou na prova. Certamente os sinais surgiram em casa e na prova eles só aumentam de intensidade.

É como no caso dos cavalos que em casa cortam um pouco o caminho para entrar no segundo tambor. Quando estiver sob a adrenalina e com a velocidade, certamente cairão para cima desse tambor.

 

E então, qual o principal motivo para deixar os cavalos nervosos no percurso?

 

  • A falta de entendimento sobre a natureza dos cavalos.
  • A falta de controle do nosso próprio nervosismo.
  • Esquecer que o cavalo que está na prova é o mesmo que treinamos em casa. Chega na prova e agimos de outra forma.
  • Ser simplista e acreditar que eles se negam a trabalhar por nada e aplicar castigos ao invés de ensinar e eliminar as causas.

 

Como transformar um cavalo nervoso (inseguro) em um cavalo seguro???

 

Um cavalo que corre porque gosta e porque sabe o que fazer sempre será melhor do que um cavalo que corre obrigado pela pressão das nossas mãos.

Um cavalo seguro não tem medo e é fiel. Mas só será seguro se formos seguros também. Sem confiança de ambas as partes isso não será possível.

Arrisque! Se você pretende ter um cavalo confiante, isso precisa começar por você.

 

Acalmando o cavalo nervoso

 

Quando um cavalo se torna excessivamente nervoso, tenha certeza de que algo o tornou assim.

Encontre as causas. Seu cavalo sempre mostrará sinais daquilo que o amedronta, deixa estressado, causa dor ou desconforto.

Como encontrar essas causas?

Observando seu cavalo minuciosamente e reavaliando as suas ações como cavaleiro.

Exemplo: ele sacode a cabeça durante os giros. O que pode significar? Excesso de pressão na embocadura, embocadura errada, problemas nos dentes, gamarra justa, embocadura mal colocada, barbela errada ou mal colocada.

 

Já vimos casos de cavalos que chegavam ao primeiro tambor e quando o cavaleiro acionava a embocadura, eles erguiam a cabeça e negavam o tambor ou chegavam a empinar.

Como no caso da competidora americana, em que a égua chegou a bolear sobre ela fraturando sua face.

Casos de dores nos dentes.

 

Cavalos que não reduzem para reunir no primeiro tambor. Muitas vezes o cavaleiro acredita que seja falta de uma ação mais enérgica e resolve usar uma gamarra de testa.

Ele passa a reduzir para virar, mas briga durante o giro e faz esse giro com a cabeça presa próxima ao corpo o que dificulta seus movimentos e, principalmente, o seu equilíbrio para sair com mais explosão.

Teria sido mais eficiente ensinar metodicamente a reduzir no ponto de entrada, colocando seu apoio nos posteriores.

Existem exercícios para isso e, ao contrário do que muitos pensam, devem ser feitos sem velocidade para maior qualidade do movimento e do aprendizado.

 

Como transformar cavalos nervosos em um cavalos seguros e poderosos?

 

  1. Usando a observação e a sua inteligência a favor do treinamento.
  2. Eliminando os atos errados praticados durante o percurso.
  3. Melhorando suas qualidades como cavaleiro.
  4. Reiniciando o seu cavalo, mostrando o que você quer que ele faça no percurso, com técnica e paciência, calma e suavidade.
  5. Quando retornar às pistas, faça tudo como fez em casa. Controle antes do seu nervosismo para ser capaz de lidar com o nervosismo de um cavalo.  Mostre que a pista de uma prova não tem nada demais, nada que o coloque em perigo.
  6. Inteligência é a maior demonstração de força.
  7. Serenidade, confiança, controle emocional e segurança fazem um cavalo poderoso.
  8. Esqueça o cronômetro por um tempo. Trabalhe a mente de seu cavalo para colocar uma nova informação sobre a antiga que você quer que ele esqueça.

 

 

O seu papel no fracasso ou sucesso do seu cavalo

 

  • Um conjunto existe quando há conexão entre as partes. Quando há parceria, entendimento, reciprocidade e respeito.
  • Isso tudo depende de nós. Depende de construirmos esse conjunto, trabalhando junto com nossos cavalos e não unicamente a favor de nós mesmos.
  • O sucesso do seu cavalo em pista depende mais dele do que de você, naquele momento. Mas as atitudes dele em pista dependem daquilo que você ensinou a ele em casa.
  • É muito comum conjuntos que começam bem e a partir de um determinado momento as coisas caminham para trás. Provavelmente naquela hora em que o cavaleiro decide baixar mais o seu tempo e perde a conexão com seu cavalo, porque passa apenas a exigir e exigir sem avaliar  os seus atos. E o que poderia ser fantástico passa a ser uma frustração. Um desperdício de cavalo, de tempo e de dinheiro.
  • Não troque de cavalo; troque de atitude. Reavalie, revise, refaça. É muito mais eficiente do que bater em ferro frio e perder um tempão até desanimar e desistir.

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.